Emanuele e Felipe – Crescimento Mútuo

Cada dia é um dia de aprendizado e decisões. Todos os dias precisamos de uma segunda opinião. Sabemos que nosso mundo interior não é 100% garantido, todos nós erramos e somos incertos quanto ao futuro.

Hoje li um texto de um professor da igreja católica (Felipe Aquino) com o título “O sentido do casamento”(2014) e percebi o quanto nossos dias são jogados ao vento quando não conseguimos entender o real significado daquilo que vivemos.

Segue um trecho do texto: Após uni-los, Deus disse ao casal: “Frutificai e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a” (Gn 1:28). Aqui está o sentido mais profundo do casamento: “frutificai [crescei] e multiplicai”. Deus quer que o casal, na união profunda do amor, cresça e se multiplique nos seus filhos; e daí surge a família, a mais importante instituição da humanidade. A família é a célula principal do plano de Deus para os homens e ela surge com o matrimônio. É muito significativo que Deus tenha dito ao casal: “crescei”; e, em seguida, “multiplicai”. Isso mostra que a primeira dimensão do casamento é o crescimento mútuo do casal, realizado no seu amor fecundo. Ninguém pode multiplicar sem antes crescer. Como é que um casal vai educar os filhos, se eles, antes, não se educaram, não cresceram juntos?”

Ninguém é perfeito ou o suficientemente bom para ser aquilo que sonhamos como um(a) parceiro(a) perfeito(a), todos temos que sofrer mudanças, e digo “sofrer” porque mudar nunca é fácil, principalmente quando se trata daquilo que vivemos durante toda a vida e quando casamos vemos que as coisas são diferentes e precisamos mudar. “Amar não é querer alguém construído, mas, sim, construir alguém querido”.

E ele finaliza o texto com sabedoria: “Para ajudar o outro a crescer é preciso aceitá-lo como ele é, com todas as suas qualidades e defeitos. A partir daí é possível então, com muita paciência e carinho, ajudar o companheiro a crescer; e crescer quer dizer “atingir a maturidade como pessoa humana” no campo psicológico, emocional, espiritual, moral, etc.”

Que o casamento seja vivido com mais dedicação de ambas as partes, que seja uma escola de aprendizado e lugar de aconchego, paz e segurança. Ninguém consegue sozinho, precisamos dar as mãos para irmos mais longe.

Para nos acompanhar assine nossa Newsletter, curta nossa Fanpage, siga-nos no Instagram – @italocesarfoto e no Twitter – @italofoto

Entre em contato para saber como ter suas fotos: AQUI ou por e-mail italo@italocesar.com.

Comments

comments